Header Image
  • Print
  • Share

Têxtil

O sector têxtil, apesar dos tempos difíceis que a economia nacional atravessa, continua a ser um dos maiores exportadores do País. Não obstante as enormes dificuldades, o negócio têxtil em Portugal está longe de ser uma causa perdida.

Assim, é necessário estudar e escolher caminhos alternativos e efectuar as mudanças de paradigma que seja necessário, para fazer face a uma nova realidade. A situação actual encerra algumas oportunidades. A vocação exportadora do têxtil abre portas para processos de internacionalização. A génese de novas fontes de energia deixa antever que haverá, a breve trecho, alterações importantes neste campo, no sentido de energias simultaneamente mais limpas e mais económicas. A crise provoca o desaparecimento de empresas e abre uma janela de oportunidade para as que permanecem no mercado.

A Crowe Horwath, em Portugal, fruto da sua longa experiência neste sector, pode ser um apoio relevante. Estamos capazes de apoiar as empresas a enfrentar o seu futuro, a procurar oportunidades de internacionalização, a estudar outros mercados, a procurar novos parceiros e conseguir uma boa performance. Estamos habilitados a melhorar a competitividade da empresa, ajudando-a a poupar recursos internos, para que estes possam ser aplicados de uma forma rentável e promissora.

O nosso departamento de Corporate Finance está preparado para conduzir processos de fusão, análise de investimentos e procura de parceiros estratégicos. O segmento de Incentivos e Programas de Apoio poderá conduzir a candidaturas bem sucedidas para facilitar o acesso a novas tecnologias e a bem sucedidos processos de internacionalização. A nossa experiência em África, designadamente Angola, Moçambique, S. Tomé e Príncipe, Senegal e Mali, gera com frequência oportunidades de negócio, abrindo novos mercados e propiciando parcerias. O nosso pioneirismo nas novas energias coloca-nos numa posição privilegiada para sermos bons conselheiros nestas matérias ainda menos conhecidas.